No mundo da alimentação isso pode realmente acontecer: você, de repente, está com uma enorme empresa, e começou exatamente do nada… Muitos, mas muitos empresários deste ramo começaram fazendo massas, molhos ou patês em casa e vendendo para os amigos. Ou docinhos de festa. Acredite no seu sucesso e comece. Nunca é tarde!

Você já provou a si mesma que leva jeito com panelas, temperos e ingredientes de pratos requintados.

já provou a si mesma que leva jeito com panelas, temperos e ingredientes de pratos requintados.

Então mãos à obra, pois um negócio de vendas de comidas finas tem tudo para ser lucrativo, principalmente nas grandes cidades, onde há uma classe enorme de consumidores para esse tipo de mercadoria. Claro, é nas grandes cidades que o tempo é escasso e poucas pessoas podem se dedicar à difícil arte de cozinhar em sua própria casa.

o mãos à obra, pois um negócio de vendas de comidas finas tem tudo para ser lucrativo, principalmente nas grandes cidades, onde há uma classe enorme de consumidores para esse tipo de mercadoria. Claro, é nas grandes cidades que o tempo é escasso e poucas pessoas podem se dedicar à difícil arte de cozinhar em sua própria casa.

Equipamentos necessários: geladeira, fogão, espaço e algumas receitas de qualidade. Com isso em mãos, você já pode abrir um bufe caseiro e ter, desde o começo, um bom rendimento mensal.

rios: geladeira, fogão, espaço e algumas receitas de qualidade. Com isso em mãos, você já pode abrir um bufe caseiro e ter, desde o começo, um bom rendimento mensal.Era uma vez, em São Paulo, um rapaz chamado Carlos Whately — mais conhecido pelo apelido, Charlo — que tinha, há alguns anos, exatamente o mesmo equipamento. Ele começou a fazer patês finíssimos e deliciosos e vender para os amigos. Hoje é urn empresário bem-sucedido com duas lojas 8  (sendo uma no caríssimo Shopping Center Iguatemi) e um restaurante.

Para seu pequeno empreendimento começar a dar certo, dois pontos são básicos: primeiro, o produto tem que ter qualidade e sabor; segundo, abrir o leque de compradores, pois parece quê já não é uro começo tão prolífero vender apenas para os amigos.

Dois pontos são básicos: primeiro, o produto tem que ter qualidade e sabor; segundo, abrir o leque de compradores, pois parece quê já não é uro começo tão prolífero vender apenas para os amigos.

Você pode partir para a venda em restaurantes, lojas de comidas finas ou hotéis de luxo. Se você for mesmo uma quituteira de mâo-cheia, em pouco tempo eles estarão correndo atrás de suas especialidades.

pode partir para a venda em restaurantes, lojas de comidas finas ou hotéis de luxo. Se você for mesmo uma quituteira de mâo-cheia, em pouco tempo eles estarão correndo atrás de suas especialidades.

Na hora de vender; não se esqueça de ter um cálculo concreto dos custos. Leve em conta os gastos da cozinha (água, luz, gás, sabão, detergente, lavagem de panos de prato, embalagens etc.), além dos preços dos ingredientes necessários para a elaboração da comida. Â margem de lucro ideal é de 100% sobre os custos. . ‘

o se esqueça de ter um cálculo concreto dos custos. Leve em conta os gastos da cozinha (água, luz, gás, sabão, detergente, lavagem de panos de prato, embalagens etc.), além dos preços dos ingredientes necessários para a elaboração da comida. Â margem de lucro ideal é de 100% sobre os custos. . ‘

Gostou deste artigo? Torne-se Fã do Blog no Facebook!



Deixe um Comentário

Comentários